Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/978
Título: Tratamento do Quelóide: O Estado da Arte
Autor: Francisco, R
Fonseca, F
Pires, M
Seixo, I
Costa, MJ
Palavras-chave: Quelóide
Crioterapia
Pressoterapia
Corticóides
Cirurgia
Radiação
HDE MFR
Data: 2011
Editora: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE
Citação: IN: XII Congresso Nacional da Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação; 2011, 10-12 Março. Salgados.
Resumo: Uma das complicações da cicatrização cutânea é a formação de quelóide. O quelóide surge por alterações no processo de cicatrização, com produção excessiva de colagénio e conduzem a limitação estética ou mesmo funcional. Métodos: Revisão bibliográfica do tratamento dos quelóides nos motores de busca PubMed, Gateway Ovid, Medscape. Resultados: O tratamento pode consistir em crioterapia, silicone, pressoterapia, injecção com corticóide, radiação ou cirurgia. Das muitas técnicas usadas no tratamento dos quelóides, poucas estão fundamentadas em estudos prospectivos com grupos controlo adequados. O uso de silicone e a injecção intralesional com corticosteróides, são os únicos tratamentos para os quais há recomendações baseadas na evidência. Conclusão: Não há guidelines para o tratamento dos quelóides. O tratamento tem que ser individualizado, dependendo da distribuição, dimensões, espessura e consistência das lesões. É importante que as práticas usadas e as novas técnicas emergentes sejam baseadas em estudos de larga escala e com follow-up longo antes de serem efectivamente recomendados.
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/978
Aparece nas colecções:MFR - Comunicações e Conferências

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
pt_251.pdf659,52 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.