Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/710
Título: Tuberculose Genital. Uma Causa Rara de Hemorragia Pós-Menopausa
Outros títulos: Genital Tuberculosis: a Rare Cause of Postmenopausal Bleeding
Autor: Júlio, C
Amaral, N
Biscaia, I
Torrezão, I
Fatela, A
Palavras-chave: Pós-Menopausa
Tuberculose dos Genitais Femininos
Doenças Uterinas
Hemorragia Uterina
MAC GIN
MAC ANPAT
Data: 2010
Editora: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Citação: Acta Med Port. 2010 Jul-Aug;23(4):723-6
Resumo: Introdução: A tuberculose continua um problema de saúde pública emergente. A incidência da tuberculose genito-urinária tem vindo a aumentar sendo o segundo local mais comum de infecção a seguir aos pulmões. Caso clínico: Os autores apresentam dois casos de mulheres com hemorragia vaginal pós-menopausa. O exame clínico não revelou alterações. A ecografia pélvica endocavitária detectou a presença de uma lâmina líquida na cavidade endometrial em ambos os casos. A histeroscopia identificou espessamentos focais do endométrio que foram biopsados. O exame anatomopatológico revelou granulomas de células epitelióides sem atipia celular. O exame cultural do endométrio foi positivo para Mycobacterium tuberculosis. Não foi detectado envolvimento de outros órgãos tendo as doentes iniciado terapêutica antibacilar. Conclusão: A tuberculose genital é rara na mulher pós-menopausa sendo responsável por cerca de 1% da hemorragia vaginal pós-menopausa. No entanto, é uma doença curável cujo diagnóstico precoce é importante, prevenindo a utilização de procedimentos invasivos desnecessários.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/710
Aparece nas colecções:GIN - Artigos
ANPAT - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AMP 2010 723.pdf246,74 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.