Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/707
Título: Enfarte Agudo do Miocárdio no Puerpério
Outros títulos: Acute Myocardial Infarction in the Puerperium
Autor: Reis, JL
Vicente, L
Aleixo, F
Rocha, T
Patrício, L
Borges, A
Palavras-chave: Enfarte do Miocárdio
Distúrbios Puerperais
Data: 2008
Editora: Sociedade Portuguesa de Cardiologia
Citação: Rev Port Cardiol. 2008 Jan;27(1):77-82
Resumo: Os autores descrevem um caso clínico de paciente de 42 anos, com enfarte agudo do miocárdio (EAM) ao 3º dia de puerpério, tendo efectuado angioplastia directa. A propósito deste caso fez-se uma revisão das principais alterações fisiológicas cardiovasculares e da hemostase na gravidez, habitualmente bem toleradas pelas gestantes, mas que em mulheres com factores de risco ou com doença cardíaca prévia aumentam a probabilidade de eventos cardiovasculares. O volume sanguíneo e o débito cardíaco aumentam em média 50% durante a gestação, a concentração de hemoglobina diminui e a menor resistência vascular periférica condiciona uma queda da pressão arterial na primeira metade da gravidez. No pós parto imediato verifica-se um incremento na pressão de enchimento ventricular, volume sistólico e débito cardíaco e é no período peri-parto que o risco cardiovascular se encontra mais elevado. A incidência de EAM na gravidez e puerpério é baixa, no entanto a tendência é de aumento, tendo em conta o número crescente de gestações nos extremos da idade reprodutiva.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/707
Aparece nas colecções:MED MAF - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RPC 2008 77.pdf254,54 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.