Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/655
Título: Histerectomia e Tumor Uterino: Estudo Comparativo entre Via Vaginal e Abdominal
Autor: Sobral, D
Pereira, AP
Martins, P
Moniz, L
Sá e Melo, P
Palavras-chave: Histerectomia Vaginal
Morbilidade
Estudo Comparativo
Estudos Retrospectivos
Data: 2000
Editora: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Citação: Arq Mat Alfredo da Costa 2000 Mai; 16 (1): 13-16
Resumo: Objectivos: Determinar a eficiência e segurança da via vaginal na patologia uterina benigna na ausência de prolapso e de contra-indicações absolutas. Material e métodos: Os autores efectuaram uma revisão das histerectomias vaginais (HV) efectuadas na ausência de prolapso urogenital (n=29). Como grupo controle foi estudado o mesmo número de histerectomias abdominais (HÁ). Resultados: Em n=29 houve 20,7% de complicações perioperatórias e pós-operatórias (via vaginal), e no grupo controle 65,5% (via abdominal). Conclusão: A via vaginal tem menor morbilidade e é mais eficiente em termos de custo operacional e benefício.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/655
Aparece nas colecções:GIN - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
13.pdf328,24 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.