Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/535
Título: Teste de Inclinação no Diagnóstico e Tratamento da Síncope
Outros títulos: Tilt Testing in the Diagnosis and Treatment of Syncope
Autor: Timóteo, AT
Oliveira, MM
Palavras-chave: Árvores de Decisões
Síncope
Teste de Inclinação
Data: 2010
Editora: Sociedade Portuguesa de Cardiologia
Citação: Rev Port Cardiol. 2010 Nov;29(11):1713-24
Resumo: A síncope neurocardiogénica é uma entidade com prevalência e incidência significativas. Apesar da baixa mortalidade relacionada com esta entidade, são significativas as implicações na qualidade de vida dos doentes. A metodologia para o seu diagnóstico está hoje claramente estabelecida nas recomendações internacionais e o teste de inclinação é um elemento útil na abordagem diagnóstica, em particular na síncope recorrente de causa desconhecida e frequente. Vários protocolos têm vindo a ser descritos nos últimos anos, inicialmente passivos e posteriormente com introdução de agentes provocativos, dos quais os nitratos sub-linguais são os mais largamente aceites, pela simplicidade e bons resultados da sua utilização. O recurso ao teste de inclinação na avaliação da terapêutica está limitado por problemas relacionados com a reprodutibilidade, que contudo estão na base de uma forma de tratamento – o treino de ortostatismo (tilt training) – embora com taxas de sucesso variáveis. Na presente revisão, iremos abordar os vários aspectos relacionados com a aplicação do teste de inclinação na prática clínica.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/535
Aparece nas colecções:CAR - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RPC 2010 1713.pdf92,82 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.