Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/369
Título: Avaliação de Qualidade em Medicina Intensiva
Outros títulos: Quality Assessement in Intensive Care Medicine
Autor: Moreno, R
Matos, R
Caixinha, JP
Fevereiro, T
Almeida, E
Palavras-chave: Melhoria de Qualidade
Avaliação de Processos (Cuidados de Saúde)
Data: 1997
Editora: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna
Citação: Med Interna 1997; 4 (4): 274-280
Resumo: As técnicas de avaliação e de melhoria de qualidade não são um conceito recente no mundo empresarial. A sua aplicação à Medicina tem, no entanto, sido feita com algum atraso e amadorismo por parte dos profissionais e das estruturas envolvidas. A avaliação das nossas atitudes, processos e resultados, quando visamos obter uma melhor qualidade dos cuidados que prestamos, tem sido muitas vezes imprecisa, pontual e intuitiva. Ela pode e deve ser exacta, sistemática e rigorosa. Para tal é necessária a utilização de uma terminologia comum, que pressupõe o conhecimento profundo de um conjunto de definições ligadas a este tema. Os autores apresentam a terminologia mais utilizada neste contexto, reflectindo sobre os processos de avaliação e melhoria da qualidade em Medicina, salientando os seus alvos e atributos. Finalmente, discutem a aplicabilidade desta abordagem global ao contexto da Medicina Intensiva nos anos 90.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/369
Aparece nas colecções:MED - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RSPMI 1997 274.pdf241,25 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.