Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/3054
Título: A Cirurgia de Substituição Valvular Aórtica Melhora a Qualidade de Vida dos Doentes?
Outros títulos: Does Aortic Valve Replacement Surgery Improve Patients' Quality of Life?
Autor: Coelho, P
Ferreira, L
Vital, C
Fragata, J
Palavras-chave: HSM CCT
Implante de Prótese de Válvulas Cardíacas
Inquéritos e Questionários
Qualidade de Vida
Válvula Aórtica/cirurgia
Data: 31-Ago-2018
Editora: Ordem dos Médicos
Citação: Acta Med Port. 2018 Aug 31;31(7-8):399-408.
Resumo: Introdução: O objetivo da cirurgia de substituição valvular aórtica é o aumento da esperança de vida e a melhoria da qualidade de vida relacionada com a saúde. Existem vários estudos que evidenciam melhoria da qualidade de vida relacionada com a saúde nestes doentes, mas não aplicados à população portuguesa. O objetivo deste estudo é avaliar a qualidade de vida relacionada com a saúde pós-implantação de prótese aórtica e comparar com a qualidade de vida relacionada com a saúde pré-operatória e da população em geral. Material e Métodos: Foi feito um estudo retrospetivo de doentes eletivos submetidos a implantação de prótese aórtica entre agosto de 2011 e abril de 2016. A qualidade de vida relacionada com a saúde foi avaliada com o Short Form 36 Health Survey Instrument e com o Short Form 6 Health Survey Instrument no pré-operatório e aos 3, 6 e 12 meses pós-cirurgia. Foram realizadas análises descritivas e inferenciais para analisar globalmente a amostra e para comparar a qualidade de vida relacionada com a saúde pré-operatória com a pós-operatória e com as normas da população portuguesa. Resultados: Foram incluídos 506 doentes, com idade média de 70,6 anos, sendo 53,6% do sexo masculino. Os resultados do pósoperatório evidenciam uma melhoria estatisticamente significativa quando comparados com o pré-operatório nas oito dimensões do Short Form 36 Health Survey Instrument. Comparando com a população Portuguesa em geral, a qualidade de vida relacionada com a saúde dos doentes é inferior no pré-operatório, melhorando no pós-operatório, atingindo níveis de qualidade de vida relacionada com a saúde superiores nalguns subgrupos de doentes e em algumas dimensões. Os resultados do Short Form 6 Health Survey Instrument revelam maior intensidade de problemas no pré-operatório quando comparados com a população em geral, aproximando-se dos valores população em geral ao final de um ano pós-cirurgia. Discussão: Este é o primeiro estudo realizado em Portugal que compara a qualidade de vida relacionada com a saúde, usando uma escala validada, antes e depois da cirurgia de implantação de prótese aórtica. Os resultados demonstram a existência de uma melhoria significativa em todas as dimensões, o que não acontece consistentemente noutros estudos publicados. Conclusão: A implantação de prótese aórtica melhora a qualidade de vida relacionada com a saúde dos doentes, permitindo que esta se aproxime dos resultados da população em geral.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/3054
DOI: 10.20344/amp.10241.
Aparece nas colecções:CCT - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Acta Med Port 2018 399.pdf473,38 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.