Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/283
Título: Síndroma de Stevens-Johnson e Necrólise Tóxica Epidérmica. Um Estudo Retrospectivo de 15 Anos
Outros títulos: Stevens-Johnson Syndrome and Toxic Epidermal Necrolysis: a 15-Year Retrospective Study
Autor: Moniz, P
Casal, D
Mavioso, C
Videira e Castro, J
Almeida, MA
Palavras-chave: Síndrome de Stevens-Johnson
Estudos Retrospectivos
Factores de Tempo
Necrólise Epidérmica Tóxica
Data: 2011
Editora: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Citação: Acta Med Port. 2011 Jan-Feb;24(1):59-70
Resumo: A Síndroma de Stevens-Johnson (SSJ), a Síndroma de Sobreposição (SS) e a Necrólise Tóxica Epidérmica (NTE) são emergências médicas raras, mas com elevadas morbilidade e mortalidade. A literatura referente às características destas doenças em Portugal é muito escassa. Procedeu-se à análise dos registos clínicos dos 20 doentes internados na Unidade de Queimados (UQ) do Hospital de São José nos últimos 15 anos com o diagnóstico de SSJ, SS ou NTE. A maior parte das toxidermias foi do tipo NTE (65%), seguida do SS (25%) e do SSJ (10%). A idade média foi 57,1 ± 19,0 anos. A duração média do internamento foi de 12,6 ± 7,8 dias. A mortalidade foi de 50%, sendo significativamente maior que os 16,4% de mortalidade global registada na UQ no mesmo período (p < 0,01). A área de superfície corporal total envolvida foi de 43,9 ± 28,6 %. O agente causal mais frequentemente implicado foi o alopurinol (35%), seguido da exposição à luz ultravioleta e metoxipsoraleno (15%). Catorze doentes (70%) foram tratados com corticóides nos primeiros dias de internamento, enquanto seis doentes (30%) foram tratados conservadoramente. A mortalidade foi menor nos doentes tratados com corticóides (42,8% vs 66,7%), embora esta diferença não fosse estatisticamente significativa. As taxas de infecção também não diferiram significativamente nos dois grupos. O SCORTEN nas primeiras 24 horas demonstrou ser um bom preditor de mortalidade. São necessários mais estudos para tentar reduzir a mortalidade nestas doenças.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/283
Aparece nas colecções:CPR - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AMP 2011 59.pdf302,78 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.