Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/2240
Título: Cirurgia Reconstrutiva das Grandes Veias Intratorácicas,a Propósito de Quatro Casos Clínicos
Outros títulos: Reconstructive Surgery of the Large Intrathoracic Veins, Four Case Reports
Autor: Abreu, R
Valentim, H
Martelo, F
Rodrigues, H
Bravio, I
Bastos Gonçalves, F
Ferreira, E
Albuquerque e Castro, J
Fragata, J
Mota Capitão, L
Castro, J
Palavras-chave: HSM CIR VASC
HSM CCT
Veias Braquiocefálicas/cirurgia
Veias Jugulares/cirurgia
Neoplasias do Mediastino/cirurgia
Veia Subclávia/cirurgia
Procedimentos Cirúrgicos Vasculares/métodos
Veia Cava Superior/cirurgia
Data: 2013
Editora: Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cardio-Torácica e Vascular
Citação: Rev Port Cir Cardiotorac Vasc. 2013 Apr-Jun;20(2):87-91
Resumo: A resseção e reconstrução dos grandes troncos venosos do tórax está indicada no tratamento dos sintomas de hipertensão venosa causados pelo Síndrome da Veia Cava Superior e para permitir a ressecção de tumores do mediastino que invadem a Veia Cava Superior (VCS) e os Troncos Venosos Braquiocefálicos (TVB), esquerdo e direito. Apresentamos quatro casos clínicos ilustrativos, operados entre 2010 e 2013. Todos eles sofriam de um tumor do mediastino com envolvimento dos grandes troncos venosos, cujo propósito foi a ressecção completa do tumor. Pretendemos avaliar os resultados em termos de melhoria da sintomatologia, complicações decorrentes dos procedimentos, permeabilidade das pontagens a curto e médio prazo e taxas de mortalidade. Utilizamos próteses de ePTFE aneladas para a realização das seguintes reconstruções vasculares: • pontagem em Y da veia subclávia esquerda e veia jugular interna esquerda para o TVB esquerdo; • duas pontagens do início do TVB esquerdo para o apêndice auricular direito; • pontagem do TVB esquerdo para o apêndice auricular direito e uma pontagem do TVB direito para a VCS. Todos os doentes tiveram alta hospitalar e todas as pontagens se encontravam permeáveis à data da alta e aos 30 dias. Ocorreram dois casos de trombose tardia, contudo os doentes mantiveram-se assintomáticos. A nossa série mostra a exequibilidade destas cirurgias, tecnicamente complexas, que são um excelente exemplo dos benefícios da colaboração multidisciplinar entre cirurgiões vasculares e torácicos.
Descrição: Trabalho apresentado na XV Reunião da SPCCTV e galardoado com o Prémio Nacional Cid dos Santos, Santa Eulália, Algarve, Novembro de 2013
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/2240
Aparece nas colecções:CIR VASC - Artigos
CCT - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RPCCTV 2013 87.pdf341,32 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.