Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/2195
Título: Intoxicações em Pediatria. Casuística de Dois Anos do Hospital de Dona Estefânia
Autor: Macedo, A
Santos, M
Vale, MC
Andrade, I
Barata, I
Andrade, N
Luís, P
Vasconcelos, C
Carapau, J
Palavras-chave: Intoxicação/prevenção & controle
Intoxicação por Organofosfatos
Criança
Casuística
HDE UCI PED
Data: 1997
Editora: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Citação: Acta Pediatr Port. 1997; 28(1): 45-50
Resumo: Os autores analisaram retrospectivamente as fichas clínicas das 221 607 crianças assistidas no Serviço de Urgência do Hospital de Dona Estefânia no período compreendido entre 1 de Abril de 1991 e 31 de Março de 1993, seleccionando os casos relacionados com a ingestão de produtos potencialmente tóxicos. Das 626 crianças seleccionadas para o presente estudo, 460 foram internadas. Embora as intoxicações acidentais continuem a ser as mais frequentes — 87%, realça-se o aumento significativo do número de intoxicações voluntárias — 7,4%, relativamente ao observado em casuísticas anteriores consultadas. Em relação ao tipo de tóxico envolvido, embora as intoxicações medicamentosas tenham sido as mais observadas — 59%, as situações mais graves, incluindo todos os oito casos com sequelas, relacionaram-se com as intoxicações de causa não medicamentosa, nomeadamente cáusticos e organofosforados. Apesar da evidência de uma evolução favorável, as Intoxicações em Pediatria permanecem um factor de preocupação de todo o pessoal de saúde, realçando-se a importância da prevenção primária como forma de diminuir a sua incidência.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/2195
Aparece nas colecções:UCI PED - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Acta Pediatr Port 1997_28_45.pdf5,3 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.