Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/2113
Título: Três Anos de SIDA. Experiência do Hospital Curry Cabral com as Infecções pelo HIV (1985-1988)
Outros títulos: Three Years of AIDS. Experience of the Curry Cabral Hospital with HIV Infections (1985-1988)
Autor: Monteiro, JA
Guimarães, R
Albuquerque e Sousa, J
Afonso, L
Costa, J
Morgado, A
Proença, R
Palavras-chave: HCC MED
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/complicações
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/epidemiologia
Seropositividade para HIV/epidemiologia
Hospitais
Portugal/epidemiologia
Estudos Retrospectivos
Data: 1989
Editora: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Citação: Acta Med Port. 1989 Nov-Dec;2(6):270-5
Resumo: Os AA. apresentam um estudo retrospectivo da Consulta e Internamentos no Pavilhão F do Hos pital Curry Cabral, em Lisboa, de 90 indivíduos seropositivos para os vírus da Síndroma de Imunodeficiência Adquirida (SIDA), HIV-l (81), HIV-2 (6) e HIV-l + HIV-2 (3). Foi feita a distribuição por sexos (M = 97,8%), idades (média —36,5 anos), grupos de risco (homossexuais — 64,4%, heterossexuais —21 ,l%, toxicómanos —7,1%, relacionados com transfusões de sangue ou derivados — 5,6%), e pelas classificações de Walter-Reed e CDC. Salienta-se um aumento da incidência desde 1985 até ao fim do primeiro trimestre de 1988, altura em que este estudo foi efectuado, com uma duplicação anual de casos, e uma inesperada elevada incidência para os heterossexuais. Apontam-se as incidências de 22% para o Sarcoma de Kaposi na classe WR6, de 55,6% para a Pneumonia por Pheumocystis carinii e 13,9% para a Criptococose, também na classe WR6. Salientam-se os envolvimentos neurológicos, linfadenopático e síndroma de emaciação. Registamos uma taxa de mortalidade global de 31,3% no grupo WR5 e 63,9% no WR6. Procurámos calcular os riscos relativos para as diversas situações patológicas e obter correlações entre estes e situação imunológica, avaliada pela deplecção linfocitária de linfócitos T helper’. Nestes casos testámos a independência da amostra com o teste do Qui-quadrado.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/2113
Aparece nas colecções:MED - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AMP 1989 270.pdf455,68 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.