Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/2023
Título: Hematúria Monossintomática Idiopática
Outros títulos: Idiopathic Monosymptomatic Hematuria
Autor: Diogo, J
Palavras-chave: HCC NEF
Anticorpos/análise
Biópsia
Glomerulonefrite/complicações
Glomerulonefrite/imunologia
Hematuria/etiologia
Imunidade
Rim/patologia
Prognóstico
Data: 1984
Editora: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Citação: Acta Med Port. 1984 Jan;5(1):31-6
Resumo: A Hematúria monossintomática idiopática é definida como a expressão clínica de uma doença glomerular que se reveste de uma grande variedade de alterações estruturais. São revistos os critérios de diagnóstico, os mecanismos patogénicos envolvidos, assim como os padrões histológicos encontrados. Ressalta-se a baixa agressividade da doença que poderá resultar de características próprias do sistema imunitário e acentua-se a dúvida quanto à sua benignidade sob o ponto de vista do prognóstico. A Biópsia Renal não está sistematicamente indicada devendo ser reservada para os casos cujos critérios selectivos são definidos. Em conclusão, sugere-se uma atitude de prudente expectativa no follow-up da doença, quer esperando o aparecimento de novos sinais que incriminem uma etiologia, quer observando a evolução da função renal e a sua eventual deterioração que exijam uma reavaliação da estratégia terapêutica.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/2023
Aparece nas colecções:NEF - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AMP 1984 31.pdf494,17 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.