Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/1879
Título: Movimento Assistencial da Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente do Hospital de Santo António dos Capuchos
Outros títulos: Activities at the Polyvalent Intensive Care Unit of the Santo António dos Capuchos Hospital
Autor: Moreno, R
Estrada, H
Pereira, E
Massa, L
Palavras-chave: HSAC UCI
Unidades de Cuidados Intensivos
Índice de Gravidade da Doença
Análise de Sobrevivência
Data: 1994
Editora: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Citação: Acta Med Port. 1994 Jan;7(1):13-20
Resumo: Apresenta-se o movimento assistencial da Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente (UCIP) do Hospital de Santo António dos Capuchos (HSAC), no seu ano de funcionamento (1 de Julho de 1991 a 30 de Junho de 1992). Foram internados 282 doentes, com uma idade média global de 57.91±18.16 anos e provenientes em 52.5% dos casos do Serviço de Urgência do HSAC. As principais categorias diagnósticas de admissão foram a falência cardiovascular cmlii doentes(39%) e a falência respiratória em 98 (35%); 50.7% dos doentes foram submetidos a ventilação mecânica, 44% a ecocardiografia, 13.5% a broncofibroscopia e 10.3% a monitorização hemodinâmica com catéter de Swan-Ganz. Trata-se de uma população com índices de gravidade elevados e importante mortalidade na UCIP (27.0%) e no Hospital (37.6%). Índices de gravidade,APACHEII, SAPS 1 e TISS nas primeiras 24 horas e pontuação máxima de dois índices de falência múltipla de órgão - MOF e 0SF- validados nesta população e revelaram-se como bons indicadores de prognóstico.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/1879
Aparece nas colecções:UCI - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AMP 1994 13.pdf655,89 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.