Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/1520
Título: Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos: Um Lugar onde os Profissionais de Saúde Aprendem
Autor: Bártolo, E
Palavras-chave: Cuidados Intensivos Pediátricos
Aprendizagem Experiencial
Formação em Contexto de Trabalho
HDE GEF
Data: 2008
Editora: Unidade de I&D de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa
Citação: Sísifo. Revista de Ciências da Educação. 2008; 5: 7 -18.
Resumo: O texto foi elaborado a partir das principais conclusões de um estudo etnográfico realizado numa unidade de cuidados intensivos pediátricos; teve como objectivo caracterizar percursos e processos formativos de enfermeiros e médicos e, paralelamente, desenvolver a função formativa do contexto de trabalho, numa articulação estreita entre a prática clínica e a prática formativa. Centrou‑se na vivência dos próprios actores, nas suas características e interacções, nas estratégias de aprendizagem e no modo como desenvolvem a sua formação. Partimos do pressuposto de que estes profissionais de saúde são portadores de saberes que adquiriram no contexto de trabalho, através da experiência, da reflexão sobre a prática, das aprendizagens informais e não formais. Desenvolvemos a pesquisa em torno da questão central: Como se formam enfermeiros e médicos numa unidade de cuidados intensivos pediátricos? Por outras palavras, como é que enfermeiros e médicos aprendem cuidados intensivos pediátricos? Na tentativa de dar resposta a esta questão, apresentam‑se os percursos e processos de formação do aprender fazendo destes profissionais de saúde.
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/1520
Aparece nas colecções:GEF - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sísifo Rev Cien Educ 2008 _7.pdf180,38 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.