Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/1453
Título: Extubações Não Planeadas. Implicações para a Prática de Enfermagem
Autor: Marinho, A
Palavras-chave: Extubação
Cuidados de Enfermagem
Segurança do Doente
Medidas
HSAC GRSD
Data: 2012
Editora: Gabinete de Gestão do Risco do Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE
Citação: IN: 2nd Lisbon International Meeting on Quality and Patient Safety; 2012, 25 a 26 Mai. Lisboa, Portugal
Resumo: Introdução: Numa lógica que apela à emergência de indicadores sensíveis aos cuidados de Enfermagem e que se traduzam em ganhos em saúde, surgem alguns esforços que visam dar resposta ao Projecto Nacional da Ordem dos Enfermeiros relativo aos Padrões de Qualidade dos Cuidados de Enfermagem. Nesta lógica, procedeu-se a uma análise retrospectiva dos processos clínicos dos 16 doentes internados numa Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente (Lisboa), no período compreendido entre Janeiro e Agosto de 2010, que tiveram incidentes de extubações não planeadas. Entendeu-se como extubação não planeada, a exteriorização de tubo endotraqueal por anomalia ou defeito do mesmo; por manipulação indevida de profissionais ou feita pelo próprio doente. O estudo visa contribuir para a existência de momentos de reflexão e de acção, que perspectivem a criação de instrumentos que promovam sistemas de qualidade e segurança em saúde. O mesmo surgiu no âmbito da realização do Curso de Mestrado em Enfermagem, especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica da Universidade Católica Portuguesa.
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/1453
Aparece nas colecções:GRSD - Comunicações e Conferências

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Poster extubações [Modo de Compatibilidade].pdf155,84 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.