Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/1424
Título: Mortalidade numa Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos. Análise e Algumas Considerações Éticas
Outros títulos: Mortality in a Pediatric Intensive Care Unit: A Few Ethical Considerations
Autor: Vale, MC
Estrada, J
Santos, M
Marques, A
Ventura, L
Ramos, J
Vasconcelos, C
Palavras-chave: Ressuscitação Cardiopulmonar
Cuidados Intensivos Pediátricos
Terapêutica
Morte Encefálica
HDE UCI PED
Data: 2001
Editora: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Citação: Acta Pediatr Port. 2001; 32(2): 77-82
Resumo: Efectuou-se a análise retrospectiva de 184 dos 200 óbitos registados na UCIP do HDE, no período compreendido entre Abril de 1991 e Março de 1997. A análise efectuada visou essencialmente aspectos relacionados com o tipo de intervenção e investimento terapêutico, processo de tomada de decisão e a abordagem da morte em pediatria. A expectativa de intervenção terapêutica, à entrada, era curativa em 96 (52,2%) casos, paliativa-curativa em 44 (23,9%), paliativa não-curativa em 39 (21,2%) e de cuidados terminais em 5 (2,7%). Nos 184 casos analisados o investimento terapêutico inicial foi total em 178 (96,7%). Ao longo do internamento ocorreu uma modificação desse investimento terapêutico em 71 (38,6%) casos. Assim, dos 184 falecidos, 107 (58,2%) faleceram na sequência de reanimação cardio-respiratória não eficaz, isto é, com investimento total e 77 (41,8%) com limitação de investimento. Nestes últimos, em 19 (10,3%) casos houve diagnóstico de morte cerebral, em 47 (25,5%) decisão de não-reanimação, e em 11 limitação terapêutica.
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/1424
Aparece nas colecções:UCI PED - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Acta Pediatr Port 2001_32_77.pdf5,28 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.