Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/1377
Título: Larva Migrans Cutânea - a Propósito de um Caso Clínico
Outros títulos: Cutaneous Larva Migrans - a Case Report
Autor: Coelho Macias, V
Carvalho, R
Chaveiro, A
Cardoso, J
Palavras-chave: Larva Migrans
Dermatose Tropical
Data: 2013
Editora: Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia
Citação: Revista SPDV 2013; 71 (1): 93-96
Resumo: A larva migrans cutânea representa uma das dermatoses mais frequentes nos turistas que regressam de países tropicais e sub-tropicais. O agente mais frequente é a larva Ancylostoma brasiliensis que habita no intestino de cães e gatos. Os humanos são afetados quando contatam com solo contaminado com os excrementos de animais infetados. Apresentamos o caso de uma professora, 39 anos de idade, natural e residente em Portugal que, após regressar de férias no Nordeste do Brasil, refere dermatose localizada à 4ª prega interdigital e porção adjacente do dorso dos pés, constituída por várias lesões eritematosas, pruriginosas, de trajecto serpiginoso, compatíveis com larva migrans cutânea. O quadro regrediu após terapêutica com Albendazol. Devido à maior frequência de fluxos migratórios na atualidade, as dermatoses tropicais podem tornar-se mais frequentes nos países de clima temperado. Salienta-se a importância do aconselhamento dos turistas para a prevenção desta dermatose, nomeadamente através do uso de calçado protetor.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/1377
Aparece nas colecções:DER - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Revista SPDV 2013 93.pdf192,01 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.