Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/1314
Título: As Difíceis Escolhas do Intensivista
Outros títulos: The Pediatrician's Most Dificult Choices
Autor: Vale, MC
Palavras-chave: Cuidados Intensivos Pediátricos
Terapêutica
Não Reanimação
Bioética
HDE UCI PED
Data: 2005
Editora: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Citação: Acta Pediatr Port. 2005; 36(1): 81-89
Resumo: A autora aborda e reflecte as principais correntes teóricas da bioética que presidem às difíceis escolhas e decisões numa unidade de cuidados intensivos pediátricos. Para isso recorreu a um questionário estruturado, da sua autoria, incidindo sobre os quais se colocavam questões éticas. O questionário constava de trinta e seis perguntas e cinco casos clínicos sobre os quais se colocavem questões éticas. No período decorrido entre 2002 e 2003 o questionário foi enviado aos responsáveis das unidades de cuidados intensivos pediátricos e unidades mistas (pediátricas e neonatais) do país. Colaboraram seis das nove unidades contactadas e responderam trinta e nove pediatras intensivistas (66%) num universo de cinquenta e nove potenciais respondentes. A maioria (89,7%) assumiu decisões de limitação terapêutica e 64,1% foram responsáveis por ordens de não reanimação (DNR). Foram considerados factores importantes na decisão de DNR a presença de doença crónica (61,5%), a reduzida probabilidade de sobrevivência (64,1%) e a qualidade de vida na óptica da criança (82%).
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/1314
Aparece nas colecções:UCI PED - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Acta Pediatr Port 2005_36_81.pdf3,07 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.