Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/1224
Título: Haemodynamic Parameters Obtained by Transthoracic Echocardiography and Swan-Ganz Catheter: a Comparative Study in Liver Transplant Patients
Outros títulos: Parâmetros Hemodinâmicos Obtidos por Ecocardiografia Transtorácica e Cateterismo da Artéria Pulmonar. Estudo Comparativo em Doentes Submetidos a Transplante Hepático
Autor: Marcelino, P
Germano, N
Marum, S
Fernandes, AP
Palmeiro Ribeiro
Lopes, MG
Palavras-chave: Pressão Arterial
Débito Cardíaco
Cateterismo de Swan-Ganz
Ecocardiografia
Transplantação de Fígado
Estudos Prospectivos
Artéria Pulmonar
Pressão Propulsora Pulmonar
Sístole
Data: 2006
Editora: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Citação: Acta Med Port. 2006 May-Jun;19(3):197-205
Resumo: Objectivo: estudo comparativo simultâneo de medições invasivas utilizando o cateterismo da artéria pulmonar e não invasivas utilizando a ecocardiografia transtorácica (ETT) de 4 parâmetros hemodinâmicos: débito cardíaco (DC), pressão de encravamento da artéria pulmonar (PCP), pressão venosa central (PVC), e pressão sistólica da artéria pulmonar (PSAP). Material e Métodos: estudo prospectivo numa Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) médico-cirurgica. Foram estudados 41 doentes em pós-operatório de transplante hepático, nos quais o DC, a PCP, a PVC e a PSAP foram obtidos em simultâneo por 2 observadores independentes, utilizando a ETT e o cateterismo invasivo da artéria pulmonar. Para a quantificação por ETT dos parâmetros foram utilizadas fórmulas descritas na literatura. As medições invasivas e não invasivas foram comparadas através de uma análise de correlação linear e de Bland-Altman. Resultados: Verificou-se uma boa correlação nas medições invasivas e não invasivas do DC (r=0,97) e PVC (r=0,88). As correlações entre as medições invasivas e não invasivas da PCP e da PSAP foram fracas (r=0,41 e r= 0,118 respectivamente). O intervalo de confiança de 95% e bias para o DC foi negligenciável, em especial para valores de DC abaixo dos 6l/minuto. A ETT subestima em regra o DC, mas as duas técnicas mostraram uma correlação significativa entre si. Conclusões: a ETT pode estimar de forma fidedigna o DC em doentes submetidos a transplante hepático. A determinação não invasiva das restantes variáveis hemodinâmicas por ETT pode estar sujeita a uma variabilidade grande relacionada com as características dos doentes. Apesar dos dados terem sido obtidos num grupo específico de doentes, podem ajudar a definir uma aplicação futura da ecocardiografia em Cuidados Intensivos.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/1224
Aparece nas colecções:UCI - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AMP 2006 197.pdf274,12 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.