Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/112
Título: Reacção ao Glutamato Monossódico – Avaliação por Prova de Provocação em Ocultação Simples
Autor: Pité, H
Carreiro-Martins, P
Prates, S
Morais-Almeida, M
Palavras-chave: Aditivos Alimentares
Glutamato Monossódico
Prova de Provocação em Ocultação Simples
HDE ALER
Data: 2009
Editora: Sociedade Portuguesa de Imunoalergologia
Citação: Rev Port Imunoalergologia. 2009: 17(3):359-367
Resumo: Em 1968 foram descritos sintomas autolimitados que surgiam até 30 minutos após refeição em restaurante chinês. Esta síndrome tem sido atribuída ao consumo de glutamato monossódico (GMS), sendo designada por “complexo de sintomas associado ao GMS”. Foi objectivo deste estudo avaliar a resposta ao GMS em dois adultos com história sugestiva de reacção adversa a este aditivo alimentar. Em ocultação simples, foram administrados oralmente, em jejum e em dias diferentes, placebo ou doses crescentes de GMS, até à dose cumulativa de 5 gramas, sendo a prova considerada positiva caso surgissem pelo menos dois sintomas de vinte descritos na literatura. Apenas a prova com GMS foi positiva num doente, que referiu mal-estar geral, astenia e hipersudorese, na dose máxima. À semelhança de outros estudos, os resultados sugerem que doses elevadas de GMS, administradas sem alimentos, podem provocar sintomas em indivíduos com história suspeita de “complexo de sintomas associado a GMS”.
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/112
Aparece nas colecções:ALER - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Rev Port Imunoalergologia 2009_17_359.pdf164,9 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.