Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.17/1014
Título: Accidental Epinephrine Administration
Outros títulos: Administração Intravenosa Acidental de Adrenalina
Autor: Duran, J
Carvalho, S
Botelho, M
Palavras-chave: Adrenalina
Overdose
Acidentes
Data: 2009
Editora: Sociedade Portuguesa de Anestesiologia
Citação: Rev Soc Port Anestesiol 2009; 18 (4): 19-30
Resumo: A administração intravenosa acidental de adrenalina é um erro raro mas potencialmente fatal. Descrevemos um caso de uma mulher de 74 anos que durante uma intervenção cirúrgica a uma Colelitíase recebeu por acidente 4 mg de adrenalina intravenosa em vez de Neostigmina, no despertar da anestesia. A doente apresentou um episódio de Taquicardia Supra Ventricular (TSV) juntamente com uma crise hipertensiva e sinais de perfusão periférica fracos. O tratamento adequado resultou numa recuperação favorável sem sequelas. Discutimos a gestão adequada desta complicação e possíveis mecanismos para evitar erro humano na administração de fármacos durante a anestesia.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.17/1014
Aparece nas colecções:ANS - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Revista SPA 2009 19.pdf190,36 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.